Simulador de investimentos de renda fixa

Vocês conhecem algum simulador de investimentos de renda fixa? Disponibilizamos de forma gratuida um simulador de investimentos de renda fixa.

Como dito no título, tirei o dia de ontem pra montar uma planilha que estima os valores brutos, valores líquidos, e rentabilidades líquidas pra vários tipos de investimento de renda fixa.

Simulador de investimentos de renda fixa
Simulador de investimentos de renda fixa

Decidi fazer isso por vários motivos, entre eles:

  • Estudar simuladores online existentes (vi que todos têm alguma forma de simplificação nos cálculos, uns poucos têm erros, e todos têm parâmetros fixos que eu queria poder alterar)

  • Centralizar as informações (cansei de abrir vários sites pra comparar só dois ativos)

  • Permitir mais controle sobre parâmetros e metodologias de cálculo (se qualquer taxa ou regra precisar ser alterada, é só atualizar na planilha, e isso bastante gente consegue fazer)

  • Aprender sobre as metodologias de cálculo reais (são BEM mais complexas que essas aí, btw)

  • Dar uma brincada com matemática financeira no Excel

Aqui a lista de tipos de investimento suportados atualmente:

  • Poupança

  • Tesouro SELIC (LFT)

  • Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal)

  • Tesouro Prefixado (LTN)

  • CDB pós-fixado (% CDI ano)

  • CDB híbrido (IPC-A + % ano)

  • CDB prefixado (% ano)

  • LCI ou LCA pós-fixada (% CDI ano)

Simulador de investimentos de renda fixa

DOWNLOAD DA PLANILHA

Quais foram os fatores que você considerou na planilha? Como ter certeza que esses são todos a se considerar?

Foram considerados, entre outros fatores:

  • IOF regressivo para vencimentos menores que 30 dias, exceto para a poupança

  • IR regressivo para TD e CDBs

  • Regras de rendimento da poupança com base na Selic

  • Taxa de administração de 0% para a corretora

  • Taxa B3 aproximada linearmente com a média do valor bruto e do valor inicial, a contar de D+2 (este ponto eu pretendo revisar. Usei aproximação semelhante à da calculadora do G1, mas sinto que pode-se aproximar melhor este valor)

  • Frequência de rendimento (meses para poupança e dias úteis para os demais)

  • Índice DI 0.10% abaixo da meta da Selic (o G1 usava 0.15% abaixo, mas 0.10% aproxima melhor o cenário atual, a julgar pela informação da CETIP)

  • Desconto do IOF antes do desconto do IR, e só então é descontado o montante estimado da taxa B3

  • Rendimentos estimados em função de dias úteis para tudo menos poupança, quando as regras de cálculo oficiais são muito mais complexas que isso (ver os PDFs da seção de Fontes na planilha)

Quanto à segunda pergunta, tenho certeza absoluta que esses NÃO SÃO todos os fatores a se considerar, mas para mim já estão bons o bastante. Convido o pessoal com uma veia mais contábil a melhorar as fórmulas para permitir estimativas mais precisas, desde que isso não piore demais a facilidade de uso oferecida 🙂

Deixe uma resposta