Como controlar gastos diários

Você sabe o que são e como controlar gastos diários? Esse conceito engloba despesas recorrentes, ou seja, que você tem todos os dias. Mesmo sendo parte da sua rotina, esse tipo de despesa pode acabar saindo do controle e fazer com que você termine o mês endividado.

Como controlar gastos diários

Felizmente, existem algumas formas muito simples de organizar as suas finanças de forma que eles não atrapalhem a visão geral do seu dinheiro. A organização financeira deve ser importante para todas as pessoas, já que ela é a melhor forma de conseguir planejar o seu futuro e não passar por nenhum tipo de aperto.

Como controlar gastos diários
Como controlar gastos diários (Foto: Fórum Empresarial da Bahia)

Então, se você quer aprender a controlar os seus gastos fixos, esse é o artigo certo para você. Portanto, não deixe de ler até o final!

Confira abaixo 4 dicas para controlar gastos diários:

Faça uma planilha mensal de ganhos e dividendos

Essa é uma dica que não envolve apenas os gastos diários. Ela é, na verdade, um truque para que você tenha total controle sobre o seu salário e tudo o que gasta, fazendo com que a gestão financeira seja muito mais fácil.

Monte uma planilha mensal com quanto você ganha. Então, reserve uma parte desse salário para poupanças e outros investimentos. Por último, anote tudo o que você gasta, por menor que seja o valor.

Com o tempo, você perceberá padrões nos seus gastos e poderá definir o que é fixo, ou seja, que sempre acontece.

Liste todos os seus gastos diários

Quando você já tiver esse conhecimento, você terá uma noção melhor do que são os seus gastos diários. Geralmente, eles incluem:

  • Alimentação;

  • Transporte (seja público, como ônibus e metrô, ou a gasolina do carro) e;

  • Remédios (se você toma algum remédio diariamente, então esse gasto também deve entrar na planilha).

Essa é uma lista básica para como controlar gastos diários. Essas despesas variam de pessoa para pessoa e cabe a você descobrir quais são os seus. O importante é que você tenha uma lista com tudo isso para poder acompanhar melhor o fluxo.

Defina um teto de gastos

Com essa lista em mãos, você deve definir um teto para cada despesa. Se você trabalha em uma empresa que oferece vale refeição, por exemplo, tente se manter no valor oferecido todos os dias. O mesmo vale para o transporte.

Seguir esse teto evita imprevistos no fim do mês. Isso porque você tem um valor pré-definido para gastar e pode ter uma visão futura de quanto vai sobrar para o próximo período!

Corte gastos desnecessários

Por último, você pode tentar cortar gastos que parecem diários, mas na verdade são dispensáveis. Por exemplo, se todos os dias após o almoço você compra uma caixa de chicletes no restaurante, tente evitar a prática. No lugar, procure comprar em um atacado por um valor menor.

Essa dica pode parecer pequena e insignificante, mas com o tempo você verá que ela faz toda a diferença no seu orçamento. Afinal, geralmente são justamente esses gastos pequenos que fazem com que todo o seu orçamento saia do controle.

Veja mais artigos como este clicando no link!

A verdade é que controlar os gastos diários é uma tarefa bastante simples quando você tem a vontade e disciplina para fazer essa gestão. E o melhor de tudo é que fazer com que cuidar do seu dinheiro vire um hábito é algo que traz muitos benefícios não apenas no presente, mas também para todo o seu futuro.

Portanto, comece hoje mesmo a fazer o seu planejamento e veja como a sua vida financeira pode mudar para melhor. Boa sorte!

Ainda tem alguma dúvida sobre o tema? Então deixe o seu comentário no espaço abaixo para que possamos ajudá-lo. Ah, e não esqueça de divulgar esse artigo com todos os seus colegas nas redes sociais!

Deixe uma resposta